black de 3 kg ???

Criamos este fórum especialmente para falar de um peixe que é uma das grandes paixões dos pescadores esportivos e em especial da Caterva. Coloquem aqui tudo sobre a pesca deste "bocudo".
Avatar do usuário
Agustín Tarela
ANZOL DE OURO
Mensagens: 953
Registrado em: Dom Ago 24, 2008 5:56 am
Cidade:

Mensagem por Agustín Tarela » Seg Jan 02, 2012 8:43 am

Murilo!! Se um dia chego a ter teus conhecimentos da língua portuguesa, vou falar e escrever mais que o próprio Chavez.

Gostei do comentário, sensato como foi o post inicial e procurando que o fim seja construtivo.

Feliz Ano!!!
Avatar do usuário
Murilo Dantas
GARATÉIA DE OURO
Mensagens: 5598
Registrado em: Sex Mar 18, 2005 9:27 am
Cidade:

Mensagem por Murilo Dantas » Seg Jan 02, 2012 9:16 am

Agustín Tarela escreveu:Murilo!! Se um dia chego a ter teus conhecimentos da língua portuguesa, vou falar e escrever mais que o próprio Chavez.
Não sei se te agradeço ou te xingo Agustin... hahahahahaha...
Mas obrigado.
Feliz ano novo para você também meu amigo...heheh
Amigo do Nelson Maciel.
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Seg Jan 02, 2012 8:17 pm

Buenas!!

Muuuito bom este tópico!!

Minha experiência em black bass não é tão grande como de alguns pescadores do fórum, mas numa coisa eu concordo, este peixe está abaixo de 3kg. Acredito que no máximo uns 2,3 kg.

Pesco black bass a apenas 6 anos, sendo que 90% das vezes de barranco, mas em meu histórico tenho como maior black bass um bocudão de 58,5 cm. Não estou me vangloriando por isso, até pq minhas pescarias são em lagoas e açudes, onde o peixe está confinado e por consequência a dificuldade acaba sendo menor. Mas nem mesmo este de 58,5 acredito que chegou na casa do 3 kg.

Vejam estes peixes:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Não nego que dei uma forçada no braço para o peixe parecer maior, mas é visível com tem peixes maiores na foto não só no comprimento como na massa corporal, porém todos longe de 3 kg.

Alguns vídeos postados aqui referem-se aos exemplares pescados nos campeonatos que realizo e nenhuma das capturas o peixe pesou 3 kg. Nem mesmo estes bocudões que chegaram no máximo a 2,76 kg (acima do recorde nacional).
Imagem

Imagem

Desculpa pela propaganda da loja ae moçada, mas eu copiei a url das imagens do meu blog e lá elas estão assim.

Para os que gostam de assistir vídeos tenho um canal no you tube (rubensmoeller) que contém alguns vídeos de pesca a maioria sobre black bass. Caso tenham interesse basta se inscrever no canal que sempre que eu postar um vídeo vocês serão informados por email. Inclusive hj publiquei um sobre a pescaria do fds que rendeu a um amigo um bass de 47 cm .

Termino aqui da mesma forma que comecei, este black bass deve medir algo em torno de 52 a 54 cm e pesar no máximo 2,3 kg.

Boas pescarias e feliz 2012!
Avatar do usuário
Sérgio Zangrossi
ANZOL DE BRONZE
Mensagens: 128
Registrado em: Qui Abr 01, 2010 5:34 pm
Cidade:

Será ????

Mensagem por Sérgio Zangrossi » Seg Jan 02, 2012 9:54 pm

Rubens Moeller escreveu:Buenas!!

Muuuito bom este tópico!!

Minha experiência em black bass não é tão grande como de alguns pescadores do fórum, mas numa coisa eu concordo, este peixe está abaixo de 3kg. Acredito que no máximo uns 2,3 kg.

Pesco black bass a apenas 6 anos, sendo que 90% das vezes de barranco, mas em meu histórico tenho como maior black bass um bocudão de 58,5 cm. Não estou me vangloriando por isso, até pq minhas pescarias são em lagoas e açudes, onde o peixe está confinado e por consequência a dificuldade acaba sendo menor. Mas nem mesmo este de 58,5 acredito que chegou na casa do 3 kg.



Não nego que dei uma forçada no braço para o peixe parecer maior, mas é visível com tem peixes maiores na foto não só no comprimento como na massa corporal, porém todos longe de 3 kg.

Alguns vídeos postados aqui referem-se aos exemplares pescados nos campeonatos que realizo e nenhuma das capturas o peixe pesou 3 kg. Nem mesmo estes bocudões que chegaram no máximo a 2,76 kg (acima do recorde nacional).



Desculpa pela propaganda da loja ae moçada, mas eu copiei a url das imagens do meu blog e lá elas estão assim.

Para os que gostam de assistir vídeos tenho um canal no you tube (rubensmoeller) que contém alguns vídeos de pesca a maioria sobre black bass. Caso tenham interesse basta se inscrever no canal que sempre que eu postar um vídeo vocês serão informados por email. Inclusive hj publiquei um sobre a pescaria do fds que rendeu a um amigo um bass de 47 cm .

Termino aqui da mesma forma que comecei, este black bass deve medir algo em torno de 52 a 54 cm e pesar no máximo 2,3 kg.

Boas pescarias e feliz 2012!
Peço a atenção dos amigos que conhecem e estudam o BASS:

Rubens, se eu tiver errado me corrija, mas tenho uma grande suspeita de que nas fotos 2, 4, 5 e 7 estamos diante do tão cobiçado F1 (o BASS Hibrido).

Será????? :lol: :lol: :lol:

Seria fantástico, um momento mágico....

Abraços e Feliz 2012
Avatar do usuário
Alexandre Estanislau (Zeca)
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8479
Registrado em: Qui Set 09, 2004 5:42 pm
Apelido: Zeca
Cidade: Belo Horizonte
Estado: MG
Instagram: http://instagram.com/alexbolt
Contato:

Mensagem por Alexandre Estanislau (Zeca) » Ter Jan 03, 2012 1:23 am

Murilo Dantas escreveu:Zeca, vou responder porque fui eu quem postou o tópico no Bate Papo sem ter visto este primeiro.

Sabe da consideração que tenho contigo. Peço também que não leve para o lado pessoal.

No primeiro momento, preferi não adentrar no mérito o peso e do tamanho do peixe, criticando apenas a revista e a matéria, que convenhamos, é muito fraca. Quando eu elogiei a revista em novembro, ninguém polemizou ou menosprezou.

Comentei sobre o tamanho do peixe e o peso após as considerações do Renato, as quais são mais plausíveis, pelo menos a mim, do que as suposições da revista, as considerações suas e do Zezinho, o qual também tenho consideração e ele sabe disso. A distâmcia do dedo, o tamanho do mesmo, a regua, etc... tanto as do renato como as suas são suposições, suposições baseadas em foto distorcida. Distorcida com o fim de valorizar o peixe, o que é correto em se tratando de uma foto que visa comercialização, mas que torna sem parâmetro para as análises posteriores.

O que eu questionei foi a matéria e a revista. A revista por trazer capa, ao meu ver, no mínimo questionável, e por trazer matéria de Tiro, escrita por um dos renomados pescadores de Oceânica, em plena temporada oceânica (isso aqui ninguém comentou).

Mas retomando quanto à matéria e ao seu comentário.

Quando você fala de Ego e ciúme, me perdoe, mas não a nada que supere, em relação a estas questões, alguém aparecer com uma foto de um peixe, sem medida de tamanho ou peso, e intitula sua matéria como "RECORD", ou seja, o maior peixe daquela espécie já pescado no Brasil por um pescador. Isso é o suprassumo da arrogância, da supervalorização do "Eu" escritor, e foi justamente quanto a isso que me insurgi. Veja, entre no site da CBPDS e vai ver que o presidente Sr. Eduardo Pain Braconi é detentor de 17 "Records absolutos de pesca", alguns de peixes que em qualquer situação você pega um maior e outros de peixes que nem conheço.. hahahahaha...

http://www.cbpds.org.br/site/pesca-e-la ... m/118.html

Se intitular algo que você não é, é o que alimenta todo o "ciúme" e a revolta dos pescadore de Black, o qual eu não sou.

Não devemos levar este assunto pelo lado pessoal, nem pelas amizades. No meu caso, tratou-se de uma crítica com fim construtivo. Mesmo que os reais alvos não tenham visto desta maneira (como por exemplo o Tuba).

Eu não conheço o Lester pessoalmente. Se ele é uma boa pessoa ou má não muda nada em meu comentário. A matéria foi infeliz, ficou ruim, deixa margem à credibilidade do que está escrito nesta matéria e nas demais do mesmo escritor e induz o "CLIENTE" a comprar a revista para ler algo não comprovado e nitidamente incorreto (nítido após comprar e ler a matéria). Que é um lindo peixe é. Parabéns. Mas não deveria constar na capa da revista com o título de "Record".

Não vou escrever mais uma vez sobre o seu Black de 2004. Nos falamos quando nos encontrarmos.
Fala Murilo, entendi e concordo com o que disse. Concordo que a matéria tenha um tom errado e que de certa forma conta uma história que não tem como ser comprovada, infelizmente.

Eu apenas queria que a conversa se limitasse a este tom, que foi o tom inicial da sua mensagem. Evitando que brigas ou outras coisas acontecessem... como a mensagem do Rato Lester - que infelizmente é uma piada de mal gosto feita se aproveitando de um momento de críticas ao autor da matéria.

Eu sou um dos maiores críticos para as revistas de pesca e por causa disso já fiz algumas inimizades dentro delas.

E continuo sendo crítico... só não quero que a discussão saia do tom correto e parta para outros lados não construtivos. Mas a sua mensagem como a de alguns outros foram muito corretos.

Sobre o bass de 2004 - fiquei curioso com o que iria me falar... se preferir, me envie por MP.
Abraços
Alexandre (Zeca) | <*))>>><
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Re: Será ????

Mensagem por Rubens Moeller » Ter Jan 03, 2012 8:56 am

Sérgio Zangrossi escreveu:
Rubens Moeller escreveu:Buenas!!

Muuuito bom este tópico!!

Minha experiência em black bass não é tão grande como de alguns pescadores do fórum, mas numa coisa eu concordo, este peixe está abaixo de 3kg. Acredito que no máximo uns 2,3 kg.

Pesco black bass a apenas 6 anos, sendo que 90% das vezes de barranco, mas em meu histórico tenho como maior black bass um bocudão de 58,5 cm. Não estou me vangloriando por isso, até pq minhas pescarias são em lagoas e açudes, onde o peixe está confinado e por consequência a dificuldade acaba sendo menor. Mas nem mesmo este de 58,5 acredito que chegou na casa do 3 kg.

Vejam estes peixes:


Não nego que dei uma forçada no braço para o peixe parecer maior, mas é visível com tem peixes maiores na foto não só no comprimento como na massa corporal, porém todos longe de 3 kg.

Alguns vídeos postados aqui referem-se aos exemplares pescados nos campeonatos que realizo e nenhuma das capturas o peixe pesou 3 kg. Nem mesmo estes bocudões que chegaram no máximo a 2,76 kg (acima do recorde nacional).

Desculpa pela propaganda da loja ae moçada, mas eu copiei a url das imagens do meu blog e lá elas estão assim.

Para os que gostam de assistir vídeos tenho um canal no you tube (rubensmoeller) que contém alguns vídeos de pesca a maioria sobre black bass. Caso tenham interesse basta se inscrever no canal que sempre que eu postar um vídeo vocês serão informados por email. Inclusive hj publiquei um sobre a pescaria do fds que rendeu a um amigo um bass de 47 cm .

Termino aqui da mesma forma que comecei, este black bass deve medir algo em torno de 52 a 54 cm e pesar no máximo 2,3 kg.

Boas pescarias e feliz 2012!
Peço a atenção dos amigos que conhecem e estudam o BASS:

Rubens, se eu tiver errado me corrija, mas tenho uma grande suspeita de que nas fotos 2, 4, 5 e 7 estamos diante do tão cobiçado F1 (o BASS Hibrido).

Será????? :lol: :lol: :lol:

Seria fantástico, um momento mágico....

Abraços e Feliz 2012
Buenas!!

Sergio, infelizmente não tenho o conhecimento necessário para tal, mas as características entre os basses tem particularidades como citou. Para comentar com mais propriedade farei algumas pesquisas esta semana para encontrar as diferenças genéticas entre ambas.

O que posso lhe assegurar que nesses tanques, com excessão de um, a soltura foi feita sem consciência que ali eles estavam colocando o black bass (esportivo), mas sim que estavam colocando um peixe saboroso (apenas comida). Os peixes foram soltos a mais de 30 anos, vindos de São Paulo (senão me engano). Se forem o F1 com certeza deve ter em Sampa tbm.

Abço e boas pescarias!
Avatar do usuário
Marcio Azzarini
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 9959
Registrado em: Seg Mar 10, 2008 4:13 pm
Cidade:

Mensagem por Marcio Azzarini » Ter Jan 03, 2012 10:18 am

Umas matrizes dessas aí fornecendo alevinos para outras represas hein... hehehe

Parabéns Rubens! Só peixe bruto nessas fotos!

Abraço!
Pesque, fotografe e SOLTE!
Avatar do usuário
Edgar Maugeri Chaubet
ANZOL DE OURO
Mensagens: 893
Registrado em: Sex Nov 13, 2009 10:29 pm
Cidade:

Mensagem por Edgar Maugeri Chaubet » Ter Jan 03, 2012 4:19 pm

Muito legal a discussão.
Porisso coloquei o topico aqui (black bass), para que os aficionados e pescadores deste maravilhoso peixe, pudessem expressar suas opiniões, sem incorrer no descuido de uma frase mal colocada, que causasse polêmicas e discussões exacerbadas. E mesmo se isso acontecesse, pudessem em bom tom, contornar a situação.

A ideia era essa mesma, alto nível. Uma vez que eu tambem me indignei com a matéria. Digo a matéria, pois não tenho nada contra o Lester, muito menos contra a revista, da qual sou assinante, como já disse antes. Mas simplesmente para que fatos como este pudessem tem uma maior abrangência de idéias a respeito. E nada melhor do um forum de black.

Já disse e repito, se tem blacks deste tamanho por lá, se tem em palmas, e como disse meu amigo Marcio mais encima, se for um F1 que veio por engano naquelas levas, a 30 anos, seria de primeira importância que converssasemos com os proprietários destes locais, para conseguir algumas matrizes. Para que num futuro próximo, possamos com ajuda de tecnicos, e especialistas ( e aqui tem bastante) melhorar a genetica de nossos basses no Brasil todo.

Vamos botar a ideia em pratica???
Imagem
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Ter Jan 03, 2012 5:31 pm

Edgar, louvável sua iniciativa.

Acredito sim que possamos fazer algo em torno da melhoria genética dos bocudões. Posso conversar com os proprietários de tanques e fazer uma proposta à eles, mas preciso saber exatamente quais ações serão tomadas e qual será a contra partida para os proprietários.

Não sou louco de pedir para que faça isso já, temos de aguardar se haverá mais interessados em se engajar no projeto. Caso isso aconteça alguns debates deverão acontecer para discutirmos a forma como tudo será realizado.

Tem uma situação que acontece várias vezes quando os projetos não são presenciais e sim virtualmente, é o fato do cidadão dizer um SIM rasgado quando as coisas estão começando a acontecer e, ao primeiro sinal de dificuldade, pulam fora. Sejamos maduros o suficiente para honrar nossas "bolas" e cumprirmos com o firmado. Falarei sem problemas com proprietários da região, mas o que não pode é o projeto morrer na casca e eu queimar a cara com meus amigos aqui. Aviso desde já para eu não me stressar depois.

Espero que ninguém se ofenda com estas palavras, mas dizem que cachorro mordido de cobra tem medo até de cadarço, e eu me encaixo neste ditado. rsrsrs

Abço e boas pescarias!
Avatar do usuário
Alexandre Estanislau (Zeca)
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8479
Registrado em: Qui Set 09, 2004 5:42 pm
Apelido: Zeca
Cidade: Belo Horizonte
Estado: MG
Instagram: http://instagram.com/alexbolt
Contato:

Mensagem por Alexandre Estanislau (Zeca) » Ter Jan 03, 2012 10:05 pm

Sobre esta mistura dos basses ai.. eu topo ajudar. Seria interessante envolver alguém que tivesse conhecimento na criação de peixes e espaço para poder fazer o cruzamento e extrair os alevinos.

Eu topo capturar algumas matrizes aqui em BH e enviar para um local onde poderíamos fazer os cruzamentos.

Acho que seria interessante reunir todos os blacks em um local e cruzar todo mundo junto... ou algo deste tipo.

Aproveitando, eu tenho um tanque de alevinagem - que posso ceder para esta criação.
Abraços
Alexandre (Zeca) | <*))>>><
Avatar do usuário
Rodrigo Lima
GARATÉIA DE OURO
Mensagens: 5703
Registrado em: Ter Dez 12, 2006 2:22 pm
Apelido: PIG
Cidade:

Mensagem por Rodrigo Lima » Qua Jan 04, 2012 9:46 am

O Edson, proprietário da Fazenda Kiri poderia se interessar pelo assunto.

Na próxima vez em que formos lá, vou falar com ele sobre isso.
/ct0
Avatar do usuário
Alexandre Estanislau (Zeca)
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8479
Registrado em: Qui Set 09, 2004 5:42 pm
Apelido: Zeca
Cidade: Belo Horizonte
Estado: MG
Instagram: http://instagram.com/alexbolt
Contato:

Mensagem por Alexandre Estanislau (Zeca) » Qua Jan 04, 2012 3:16 pm

Rodrigo Lima escreveu:O Edson, proprietário da Fazenda Kiri poderia se interessar pelo assunto.

Na próxima vez em que formos lá, vou falar com ele sobre isso.
Ótimo... veja isso com ele... a ideia é fazer este cruzamento e depois dividir a com a galera os resultados.
Abraços
Alexandre (Zeca) | <*))>>><
Avatar do usuário
Thierry Cioquetta
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8611
Registrado em: Qua Nov 29, 2006 11:49 am
Cidade: Santa Maria
Estado: RS

Mensagem por Thierry Cioquetta » Qua Jan 04, 2012 7:23 pm

Rubens Moeller escreveu:Buenas!!

Muuuito bom este tópico!!

Minha experiência em black bass não é tão grande como de alguns pescadores do fórum, mas numa coisa eu concordo, este peixe está abaixo de 3kg. Acredito que no máximo uns 2,3 kg.

Pesco black bass a apenas 6 anos, sendo que 90% das vezes de barranco, mas em meu histórico tenho como maior black bass um bocudão de 58,5 cm. Não estou me vangloriando por isso, até pq minhas pescarias são em lagoas e açudes, onde o peixe está confinado e por consequência a dificuldade acaba sendo menor. Mas nem mesmo este de 58,5 acredito que chegou na casa do 3 kg.

Vejam estes peixes:

Desculpa pela propaganda da loja ae moçada, mas eu copiei a url das imagens do meu blog e lá elas estão assim.

Para os que gostam de assistir vídeos tenho um canal no you tube (rubensmoeller) que contém alguns vídeos de pesca a maioria sobre black bass. Caso tenham interesse basta se inscrever no canal que sempre que eu postar um vídeo vocês serão informados por email. Inclusive hj publiquei um sobre a pescaria do fds que rendeu a um amigo um bass de 47 cm .

Termino aqui da mesma forma que comecei, este black bass deve medir algo em torno de 52 a 54 cm e pesar no máximo 2,3 kg.

Boas pescarias e feliz 2012!
Lindos peixes, Rubens!!!

Eu havia postado dois vídeos teus na primeira página desse tópico... nem sabia que tu fazia parte do caterva... mas bom saber!!

Nunca vi um lugar que tivesse basses tão bonitos... nem mesmo por aqui, acredito que tenha basses desse padrão!!!!! Realmente, de mais!!!!

Abraço!
/*** CATCH AND RELEASE!!! /***
/ct0
Okappari Kraze Bassers

Imagem
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Qua Jan 04, 2012 8:09 pm

Fala ae Thierry!!

Td certo?

Trankilo mano véio, fico feliz pelos vídeos atingirem um publico tão qualificado como os "basszeiros" do fórum.

Eu que comecei a levantar a bandeira da defesa do bass em nossa região, até então ele era apenas um prato apreciado. Houve situações em que chegamos a oferecer dinheiro para pescadores que estavam matando bass em troca da sua soltura.

Nossa região tem bass de bom tamanho, mas precisamos urgentemente fazer algo para "proliferar" esta genética no Brasil. Por mais que ele seja um peixe muito astuto, inevitavelmente, uma vez que outra, uma boa fêmea caíra na isca de um matador. Como aconteceu dias atrás de um bass de 55 cm, do mesmo tamanho do que está no vídeo, entrar na isca de um matador e virar a janta.

A batalha de conscientização é dura e se não for possível ganhar a guerra por aqui, que vençamos aos poucos as batalhas por esse mundão de água que tem no Brasil.

Tempos atrás um grupo de amigos pescadores, não da nossa região, estava com interesse em um tanque de nossa cidade. O objetivo era trazer os F1 (não me perguntem como) e soltar neste local para cruzar com os "brutões" que já vivem lá com o intuito futuro de vocês sabem o que.

A idéia era boa, teriam pessoas acompanhando o crescimento e tudo o que fosse necessário. Maaaassss a idéia morreu na casca!!!!

Fico a disposição, como já citei em um post anterior, para qualquer parceria que venha a melhorar a genética e a população dos nossos basses.

Abço e boas pescarias.
Avatar do usuário
Thierry Cioquetta
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8611
Registrado em: Qua Nov 29, 2006 11:49 am
Cidade: Santa Maria
Estado: RS

Mensagem por Thierry Cioquetta » Sex Jan 06, 2012 10:31 am

Rubens Moeller escreveu:Fala ae Thierry!!

Td certo?

Trankilo mano véio, fico feliz pelos vídeos atingirem um publico tão qualificado como os "basszeiros" do fórum.

Eu que comecei a levantar a bandeira da defesa do bass em nossa região, até então ele era apenas um prato apreciado. Houve situações em que chegamos a oferecer dinheiro para pescadores que estavam matando bass em troca da sua soltura.

Nossa região tem bass de bom tamanho, mas precisamos urgentemente fazer algo para "proliferar" esta genética no Brasil. Por mais que ele seja um peixe muito astuto, inevitavelmente, uma vez que outra, uma boa fêmea caíra na isca de um matador. Como aconteceu dias atrás de um bass de 55 cm, do mesmo tamanho do que está no vídeo, entrar na isca de um matador e virar a janta.

A batalha de conscientização é dura e se não for possível ganhar a guerra por aqui, que vençamos aos poucos as batalhas por esse mundão de água que tem no Brasil.

Tempos atrás um grupo de amigos pescadores, não da nossa região, estava com interesse em um tanque de nossa cidade. O objetivo era trazer os F1 (não me perguntem como) e soltar neste local para cruzar com os "brutões" que já vivem lá com o intuito futuro de vocês sabem o que.

A idéia era boa, teriam pessoas acompanhando o crescimento e tudo o que fosse necessário. Maaaassss a idéia morreu na casca!!!!

Fico a disposição, como já citei em um post anterior, para qualquer parceria que venha a melhorar a genética e a população dos nossos basses.

Abço e boas pescarias.

Então.. é ótimo ter pessoas como tu tentando salvar o bass desses matadores!! Porém, fiquei com uma dúvida.. como tu havia dito, tu diz que não conseguiu salvar esse bass de 55UP desse pescador.. mas esse lugar onde ele pescou é público? Ou o lugar é partícular e se o dono deixar pescar, pra ele tanto faz matar ou não?
Porque, caso seja público, dificilmente terá o que fazer... total, pouca gente conhece esse peixe e tão nem aí se matar..

Tenho vontade e não é de hoje de pescar aí no PR. Bom desde que comecei a frequentar o caterva, mais precisamente! Pegar um bass com mais de 50UP é o sonho de qualquer pescador de bass daqui do BR.. pois nos outros países, isso é mais que normal...

Falta gente de palavra nesse país!! O dia que existir pessoas assim, o BR muda.

Parabéns pelos belos basses, de novo!

Abraço!
/*** CATCH AND RELEASE!!! /***
/ct0
Okappari Kraze Bassers

Imagem
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Sex Jan 06, 2012 10:36 am

Buenas Thierry!

O local é público, mas existem algumas restrições, porém podem ser contornadas com o "QI" (quem indica) correto.

Abço e boas pescarias!
Avatar do usuário
Thierry Cioquetta
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8611
Registrado em: Qua Nov 29, 2006 11:49 am
Cidade: Santa Maria
Estado: RS

Mensagem por Thierry Cioquetta » Sex Jan 06, 2012 11:05 am

Rubens Moeller escreveu:Buenas Thierry!

O local é público, mas existem algumas restrições, porém podem ser contornadas com o "QI" (quem indica) correto.

Abço e boas pescarias!
Hmmm.. que legal!! São poucos lugares públicos que têm basses grandes assim!!!

Abraço!
/*** CATCH AND RELEASE!!! /***
/ct0
Okappari Kraze Bassers

Imagem
Avatar do usuário
Marcelo Becker
GARATÉIA DE BRONZE
Mensagens: 1738
Registrado em: Ter Set 01, 2009 8:28 pm
Cidade:

Mensagem por Marcelo Becker » Sex Jan 06, 2012 11:07 am

Putz, se é público e com Bass deste tamanho, a quantidade de peixes deve ser enorme pois caso contrário nem chegariam no porte apresentado.
Parabéns aos poucos que ainda lutam pela preservação da espécie no local!!!
Avatar do usuário
Gabriel Cervi Pires
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 456
Registrado em: Dom Fev 03, 2013 7:38 pm
Cidade:

Mensagem por Gabriel Cervi Pires » Sex Fev 15, 2013 1:18 pm

Willians Lencina escreveu:
Jefte Teixeira - Jé escreveu:Me desculpe mas esse Black não tem nem perto de 3 KG, tem uma foto na net de um black pego no RS que mediu 63 cm e é quase o dobro desse.
Os blacks pegos em Palmas são bem maiores que esse..
(colocando fogo no topico rsrsrs)

Pára Jeh...esse aqui deu 2,990 kg, e nem por isso sai na capa.kkkkk kkkkk kkkkk kkkkk kkkkk

Imagem
Show Willians! Belo exemplar! Parabéns! Onde pegou ele?

Abraço!
Avatar do usuário
Carlos OGAsawara
GARATÉIA DE ADAMANTIUM
Mensagens: 18277
Registrado em: Sex Set 10, 2004 8:58 am
Cidade:
Contato:

Mensagem por Carlos OGAsawara » Sex Fev 15, 2013 1:47 pm

isso é tática pra vender revista kkkkkkkkk solta a foto e a informação de q pegou um peixe grande q não era tudo isso.. é trollagem pura !! kkkkkkk

isso gera polêmica.. e o povo todo compra a revista pra ver se é tudo isso ... e daí o viral tá disseminado..kkkkkkk
Avatar do usuário
Gabriel Cervi Pires
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 456
Registrado em: Dom Fev 03, 2013 7:38 pm
Cidade:

Mensagem por Gabriel Cervi Pires » Sáb Fev 16, 2013 12:21 am

Agora que me registrei aqui no Caterva e pude frequentá-lo, vi algumas pessoas falando de Bass F1 (Bass híbrido). Qual Bass seria esse?

Abraço!
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Sáb Fev 16, 2013 7:36 am

Gabriel Cervi escreveu:Agora que me registrei aqui no Caterva e pude frequentá-lo, vi algumas pessoas falando de Bass F1 (Bass híbrido). Qual Bass seria esse?

Abraço!
Buenas Gabriel!

Fiz uma busca rápida no "Prof. Google" buscando um material simplificado, que explique as características do Micropterus salmoides floridanus, facilitando assim seu aprendizado. (o material está em inglês)

Material encontrado no site Aquafind
http://tinyurl.com/c2fqnlo

Links que o google retornou ao mandar buscar o termo Micropterus salmoides floridanus
http://tinyurl.com/cfo4wy3

Espero ter ajudado.

Qualquer dúvida, dá um grito!

Abço!
Avatar do usuário
Gabriel Cervi Pires
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 456
Registrado em: Dom Fev 03, 2013 7:38 pm
Cidade:

Mensagem por Gabriel Cervi Pires » Sáb Fev 16, 2013 1:03 pm

Rubens Moeller escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:Agora que me registrei aqui no Caterva e pude frequentá-lo, vi algumas pessoas falando de Bass F1 (Bass híbrido). Qual Bass seria esse?

Abraço!
Buenas Gabriel!

Fiz uma busca rápida no "Prof. Google" buscando um material simplificado, que explique as características do Micropterus salmoides floridanus, facilitando assim seu aprendizado. (o material está em inglês)

Material encontrado no site Aquafind
http://tinyurl.com/c2fqnlo

Links que o google retornou ao mandar buscar o termo Micropterus salmoides floridanus
http://tinyurl.com/cfo4wy3

Espero ter ajudado.

Qualquer dúvida, dá um grito!

Abço!
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Acho que caso fosse possível ter os F1 aqui no Brasil só seria possível ter na regiões do Paraná para cima, certo? Pois pelo que eu li, o Florida Largemouth Bass é frágil à temperaturas baixas, então seria difícil tê-lo em estado como o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Estou certo?

Abraço!
Avatar do usuário
Carlos Vettorazzi
ANZOL DE OURO
Mensagens: 537
Registrado em: Qui Mai 08, 2008 9:29 pm
Cidade:

Mensagem por Carlos Vettorazzi » Sáb Fev 16, 2013 2:22 pm

Gabriel Cervi escreveu:
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Abraço!

Gabriel, resumidamente a "história" é a seguinte:

Na América do Norte, de onde o Largemouth Bass -LMB (cujo nome científico é Micropterus salmoides) é originário, são encontradas duas subespécies: Micropterus salmoides salmoides (chamado de Northern bass, ou bass do Norte) e Micropterus salmoides floridanus (chamado de Florida bass ou simplesmente floridanus).

A subespécie “Florida” é, como o nome sugere, nativa da Flórida peninsular. Já a subespécie “Northern”, também como o nome sugere, é nativa de áreas ao norte da Flórida.

Quando habitam as mesmas águas, essas subespécies podem cruzar livremente entre si, gerando híbridos nos mais diversos níveis. Assim, entre as regiões originais das duas subespécies há uma região onde ocorrem, naturalmente, populações de híbridos. Essa região (chamada de zona intergrade) inclui áreas do norte da Flórida, sul da Geórgia e Alabama.

A subespécie do Norte não cresce tanto quanto a da Flórida, no entanto pode proporcionar boas pescarias esportivas, por atacar com mais facilidade (ou voracidade) as iscas artificiais.

A subespécie da Flórida atinge maior tamanho e peso, porém é mais difícil de ser pescada com iscas artificiais, o que explica o uso frequente de iscas vivas em sua captura.

O LMB F1 é a primeira geração de “filhos” (híbridos) de um LMB do Norte macho com uma fêmea de LMB da Flórida.

O F1 é considerado como tendo as melhores qualidades das duas subespécies, ou seja, a maior agressividade (na pesca) do Northern e o crescimento mais rápido e maior tamanho do Florida.

Espero ter ajudado um pouco a clarear suas dúvidas.

Grande abraço pescador!
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Sáb Fev 16, 2013 3:56 pm

Gabriel Cervi escreveu:
Rubens Moeller escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:Agora que me registrei aqui no Caterva e pude frequentá-lo, vi algumas pessoas falando de Bass F1 (Bass híbrido). Qual Bass seria esse?

Abraço!
Buenas Gabriel!

Fiz uma busca rápida no "Prof. Google" buscando um material simplificado, que explique as características do Micropterus salmoides floridanus, facilitando assim seu aprendizado. (o material está em inglês)

Material encontrado no site Aquafind
http://tinyurl.com/c2fqnlo

Links que o google retornou ao mandar buscar o termo Micropterus salmoides floridanus
http://tinyurl.com/cfo4wy3

Espero ter ajudado.

Qualquer dúvida, dá um grito!

Abço!
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Acho que caso fosse possível ter os F1 aqui no Brasil só seria possível ter na regiões do Paraná para cima, certo? Pois pelo que eu li, o Florida Largemouth Bass é frágil à temperaturas baixas, então seria difícil tê-lo em estado como o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Estou certo?

Abraço!
Gabriel, somente uma correção: Supõe-se que tenhamos os F1 aqui, mas nada comprovado.

A suposição foi levantada por conta do tamanho dos bocudões, mas nada além disso.

Com relação as suas outras dúvidas, o Carlos Vettorazzi foi brilhante em sua explicação e acredito que tenha esclarecido as mesmas.

Abço!
Avatar do usuário
Rubens Moeller
CALOURO
Mensagens: 49
Registrado em: Ter Mar 31, 2009 5:38 pm
Cidade:
Contato:

Mensagem por Rubens Moeller » Sáb Fev 16, 2013 3:58 pm

Carlos Vettorazzi escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Abraço!


Gabriel, resumidamente a "história" é a seguinte:

Na América do Norte, de onde o Largemouth Bass -LMB (cujo nome científico é Micropterus salmoides) é originário, são encontradas duas subespécies: Micropterus salmoides salmoides (chamado de Northern bass, ou bass do Norte) e Micropterus salmoides floridanus (chamado de Florida bass ou simplesmente floridanus).

A subespécie “Florida” é, como o nome sugere, nativa da Flórida peninsular. Já a subespécie “Northern”, também como o nome sugere, é nativa de áreas ao norte da Flórida.

Quando habitam as mesmas águas, essas subespécies podem cruzar livremente entre si, gerando híbridos nos mais diversos níveis. Assim, entre as regiões originais das duas subespécies há uma região onde ocorrem, naturalmente, populações de híbridos. Essa região (chamada de zona intergrade) inclui áreas do norte da Flórida, sul da Geórgia e Alabama.

A subespécie do Norte não cresce tanto quanto a da Flórida, no entanto pode proporcionar boas pescarias esportivas, por atacar com mais facilidade (ou voracidade) as iscas artificiais.

A subespécie da Flórida atinge maior tamanho e peso, porém é mais difícil de ser pescada com iscas artificiais, o que explica o uso frequente de iscas vivas em sua captura.

O LMB F1 é a primeira geração de “filhos” (híbridos) de um LMB do Norte macho com uma fêmea de LMB da Flórida.

O F1 é considerado como tendo as melhores qualidades das duas subespécies, ou seja, a maior agressividade (na pesca) do Northern e o crescimento mais rápido e maior tamanho do Florida.

Espero ter ajudado um pouco a clarear suas dúvidas.

Grande abraço pescador!
Muito bem explicado!
Avatar do usuário
Marco R. Lima
GARATÉIA DE PRATA
Mensagens: 2007
Registrado em: Qua Jun 11, 2008 3:07 pm
Cidade:

Mensagem por Marco R. Lima » Sáb Fev 16, 2013 7:53 pm

Carlos Vettorazzi escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Abraço!

Gabriel, resumidamente a "história" é a seguinte:

Na América do Norte, de onde o Largemouth Bass -LMB (cujo nome científico é Micropterus salmoides) é originário, são encontradas duas subespécies: Micropterus salmoides salmoides (chamado de Northern bass, ou bass do Norte) e Micropterus salmoides floridanus (chamado de Florida bass ou simplesmente floridanus).

A subespécie “Florida” é, como o nome sugere, nativa da Flórida peninsular. Já a subespécie “Northern”, também como o nome sugere, é nativa de áreas ao norte da Flórida.

Quando habitam as mesmas águas, essas subespécies podem cruzar livremente entre si, gerando híbridos nos mais diversos níveis. Assim, entre as regiões originais das duas subespécies há uma região onde ocorrem, naturalmente, populações de híbridos. Essa região (chamada de zona intergrade) inclui áreas do norte da Flórida, sul da Geórgia e Alabama.

A subespécie do Norte não cresce tanto quanto a da Flórida, no entanto pode proporcionar boas pescarias esportivas, por atacar com mais facilidade (ou voracidade) as iscas artificiais.

A subespécie da Flórida atinge maior tamanho e peso, porém é mais difícil de ser pescada com iscas artificiais, o que explica o uso frequente de iscas vivas em sua captura.

O LMB F1 é a primeira geração de “filhos” (híbridos) de um LMB do Norte macho com uma fêmea de LMB da Flórida.

O F1 é considerado como tendo as melhores qualidades das duas subespécies, ou seja, a maior agressividade (na pesca) do Northern e o crescimento mais rápido e maior tamanho do Florida.

Espero ter ajudado um pouco a clarear suas dúvidas.

Grande abraço pescador!
Show de bola einh Carlão!

Abrax.
Avatar do usuário
Gabriel Cervi Pires
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 456
Registrado em: Dom Fev 03, 2013 7:38 pm
Cidade:

Mensagem por Gabriel Cervi Pires » Sáb Fev 16, 2013 8:18 pm

Carlos Vettorazzi escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Abraço!

Gabriel, resumidamente a "história" é a seguinte:

Na América do Norte, de onde o Largemouth Bass -LMB (cujo nome científico é Micropterus salmoides) é originário, são encontradas duas subespécies: Micropterus salmoides salmoides (chamado de Northern bass, ou bass do Norte) e Micropterus salmoides floridanus (chamado de Florida bass ou simplesmente floridanus).

A subespécie “Florida” é, como o nome sugere, nativa da Flórida peninsular. Já a subespécie “Northern”, também como o nome sugere, é nativa de áreas ao norte da Flórida.

Quando habitam as mesmas águas, essas subespécies podem cruzar livremente entre si, gerando híbridos nos mais diversos níveis. Assim, entre as regiões originais das duas subespécies há uma região onde ocorrem, naturalmente, populações de híbridos. Essa região (chamada de zona intergrade) inclui áreas do norte da Flórida, sul da Geórgia e Alabama.

A subespécie do Norte não cresce tanto quanto a da Flórida, no entanto pode proporcionar boas pescarias esportivas, por atacar com mais facilidade (ou voracidade) as iscas artificiais.

A subespécie da Flórida atinge maior tamanho e peso, porém é mais difícil de ser pescada com iscas artificiais, o que explica o uso frequente de iscas vivas em sua captura.

O LMB F1 é a primeira geração de “filhos” (híbridos) de um LMB do Norte macho com uma fêmea de LMB da Flórida.

O F1 é considerado como tendo as melhores qualidades das duas subespécies, ou seja, a maior agressividade (na pesca) do Northern e o crescimento mais rápido e maior tamanho do Florida.

Espero ter ajudado um pouco a clarear suas dúvidas.

Grande abraço pescador!
Show, Carlos! Muito bem explicado! Obrigado!

Abraço!
Avatar do usuário
Gabriel Cervi Pires
ANZOL DE PRATA
Mensagens: 456
Registrado em: Dom Fev 03, 2013 7:38 pm
Cidade:

Mensagem por Gabriel Cervi Pires » Sáb Fev 16, 2013 8:25 pm

Rubens Moeller escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:
Rubens Moeller escreveu:
Gabriel Cervi escreveu:Agora que me registrei aqui no Caterva e pude frequentá-lo, vi algumas pessoas falando de Bass F1 (Bass híbrido). Qual Bass seria esse?

Abraço!
Buenas Gabriel!

Fiz uma busca rápida no "Prof. Google" buscando um material simplificado, que explique as características do Micropterus salmoides floridanus, facilitando assim seu aprendizado. (o material está em inglês)

Material encontrado no site Aquafind
http://tinyurl.com/c2fqnlo

Links que o google retornou ao mandar buscar o termo Micropterus salmoides floridanus
http://tinyurl.com/cfo4wy3

Espero ter ajudado.

Qualquer dúvida, dá um grito!

Abço!
Acho que entendi. Veja se é assim:

A maioria dos Black Basses que temos aqui no Brasil são os Micropterus salmoides salmoides porém, como aconteceu nas suas provas, vimos que temos alguns exemplares chamados Micropterus salmoides floridanus, os quais possuem tamanho superior. Só que tenho uma dúvida: O Florida Largemouth Bass seria uma mistura entre quais basses? Seria uma mistura entres Largemouths de regiões diferentes? Ou seria uma mistura entre um Largemouth e um Smallmouth? Ou de um Largemouth e um Spotted?

Acho que caso fosse possível ter os F1 aqui no Brasil só seria possível ter na regiões do Paraná para cima, certo? Pois pelo que eu li, o Florida Largemouth Bass é frágil à temperaturas baixas, então seria difícil tê-lo em estado como o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Estou certo?

Abraço!
Gabriel, somente uma correção: Supõe-se que tenhamos os F1 aqui, mas nada comprovado.

A suposição foi levantada por conta do tamanho dos bocudões, mas nada além disso.

Com relação as suas outras dúvidas, o Carlos Vettorazzi foi brilhante em sua explicação e acredito que tenha esclarecido as mesmas.

Abço!
Ok! Como o pessoal faz para saber identificar o F1? Pelo que eu vi, o F1 tem uma boca maior e é mais claro. Estou correto? Quais seriam as características para identificá-lo?

Outra coisa, caso esses exemplares forem mesmo os F1, você acha que se alguns tivessem sido introduzidos aqui no Rio Grande do Sul à algum tempo, ainda seria possível encontrá-los ainda aqui no estado? Pois pelo que eu li, ele é frágil ao frio intenso.

Abraço!
Avatar do usuário
NELSON MACIEL
GARATÉIA DE VIBRANIUM
Mensagens: 47726
Registrado em: Qui Set 09, 2004 7:50 pm
Cidade: SaoJosedosPinhais
Estado: PR
Contato:

Mensagem por NELSON MACIEL » Sex Fev 22, 2013 9:52 pm

Outro fator que influencia a diferença de tamanho entre os nossos e os Basses americanosé a sua cadeia alimentar ...
Nelson Maciel
/ct0 /ctf
FÓRUNS CATERVA - UM MARCO NA PESCA ESPORTIVA DO BRASIL !
Seja um pescador mais esportivo. Amasse as farpas dos anzóis e garatéias.
Responder

Voltar para “- BLACK BASS -”