Redução do bass em Atibainha.

Criamos este fórum especialmente para falar de um peixe que é uma das grandes paixões dos pescadores esportivos e em especial da Caterva. Coloquem aqui tudo sobre a pesca deste "bocudo".
Avatar do usuário
Fernando Mendonça
ANZOL DE BRONZE
Mensagens: 234
Registrado em: Qua Ago 09, 2006 1:51 am
Cidade:

Mensagem por Fernando Mendonça » Qui Nov 29, 2012 6:45 pm

e a situação continua a mesma.... ... :(
Avatar do usuário
Marcel Sammarone
ANZOL DE OURO
Mensagens: 511
Registrado em: Ter Fev 14, 2012 7:54 pm
Cidade:

Mensagem por Marcel Sammarone » Qui Nov 29, 2012 8:35 pm

Pesco em Atibainha desde 1990, naquela epoca tinha muito bass e poucos pescadores, ja cheguei a pescar sozinho na represa, depois da divulgacao em revistas e na televisao, comecou a chegar gente de todo lado, ai deu no que deu.
Nao falo so de barcos, muito barranqueiro, pessoal com arpao, redes etc

Outro dia estava no posto de gasolina abastecendo o barco e conversando com o frentista ele me relatou que a muitos anos ele e os amigos mataram muito black, como se fosse um grande feito, ele falou com todo orgulho.
Imaginem quantos fizeram isso.

Quando comecei, era dificial encontrar material especifico e poucas tecnicas eram conhecidas, mesmo sem dominar a tecnica naquela epoca pescavasse blacks de bom tamanho e quantidade, vez outra saia black com mais de dois quilos.

Infelizmente acho que essa situacao nao sera revertida, e uma pena.
E so uma opiniao espero estar errado.

E so ver o que aconteceu nas represas que um dia foram famosas pela pesca do tucunare, sao represas de grande porte e nao aguentaram a pressao.
Agora imagina uma represa pequena com um peixe que nao e nativo e que precisa de um habitat especifico para sua reproducao.
Avatar do usuário
Marcel Jankauskas
ANZOL DE ALUMÍNIO
Mensagens: 52
Registrado em: Seg Jan 11, 2010 9:53 pm
Cidade:

Mensagem por Marcel Jankauskas » Sáb Dez 01, 2012 6:29 pm

Pessoal, um pouco atrasado, mas acho que faltou falar sobre o clima e as mudanças percebidas nos últimos anos.

Como alguns amigos sabem, minha família está na região de Nazaré Paulista desde os anos 70. Até o ano 2000, aproximadamente, ocorriam geadas todos os anos durante o inverno e os campos amanheciam queimados pelo frio, sendo que em todas as estações as noites eram frias na região. Nesse cenário, os blacks estavam saudáveis, acompanhados de muitas tilápias, poucas traíras e muitos lambaris. Nem passava pela nossa cabeça que peixes de calor como o tucunaré e a piranha pudessem viver lá. Pois é, o clima mudou, há 10 anos não vimos mais geada, a temperatura média subiu demais e os "problemas" começaram a aparecer na represa. Nos últimos 5 anos eu tenho tirado férias sempre no mês de julho e pego sempre clima quente, diferente do que ocorria no passado.

Hoje em dia é totalmente aceitável que pode ter tucunaré em Atibainha, assim como os estranhíssimos jacundás, e estamos nos perguntando como acabar com as piranhas.

Na minha opinião existem vários fatores que fizeram o bass sumir de lá, mas o clima mais quente foi o principal deles. Aqui no Brasil, eu acho que só terá bass do Estado do PR para baixo.
Avatar do usuário
Marcel Sammarone
ANZOL DE OURO
Mensagens: 511
Registrado em: Ter Fev 14, 2012 7:54 pm
Cidade:

Mensagem por Marcel Sammarone » Dom Jan 06, 2013 5:25 pm

Concordo tambem com o chara, sao varios fatores que alteraram o equilibrio, vamos ver com o passar do tempo qual peixe vai ganhar esta batalha.
Avatar do usuário
Fernando Mendonça
ANZOL DE BRONZE
Mensagens: 234
Registrado em: Qua Ago 09, 2006 1:51 am
Cidade:

Mensagem por Fernando Mendonça » Sex Out 31, 2014 4:28 am

revirando um pouco o tópico e lendo algumas mensagens, só pra titulo de informação já que a represa ciatda encontra em estado lamentável com toda crise hidrica que o estado sofre no momento, mas posso adicionar algumas informações sobre alguns pontos.... ....

realmente como o amigo falou, existem a cerca de 10/12 anos Corvinas em igaratá, não sei se foi algum orgão responsavel, ou pescadores de forma "independente" ja ouvi as duas versões, bom, ela se adaptou muito bem, é um peixe que cresce bastante para os padroes da regiao, tem muito numero, uma legiao de pescadores e de certa forma tirou um pouco da pressão de pesca em cima do tucunaré, os benefícios param por ai.... ......

depois de introduzida a corvina, a população de outros peixes como o bagre, o cará e até mesmo a pedradora saicanga chegaram a níveis preocupantes sendo a última citada, um peixe antes abundante na região (dividindo aguas com tilapias, tucunares e etc por mais de 30 anos tranquilamente) ser um verdadeiro achado hoje em dia, muito raro.... ...

só pra citar que equilibro ecologico as vezes nao se combate com mais um peixe extremamente psivoro quanto a corvina.... ....creio que ela pode sim combater as pirambebas com sucesso, mas se o Bass ja esta em malus lençois sem corvina, imagina com ela, na minha visão seria a ultima pá de terra em cima.... ... ...
Avatar do usuário
Fernando Mendonça
ANZOL DE BRONZE
Mensagens: 234
Registrado em: Qua Ago 09, 2006 1:51 am
Cidade:

Mensagem por Fernando Mendonça » Sex Out 31, 2014 4:28 am

revirando um pouco o tópico e lendo algumas mensagens, só pra titulo de informação já que a represa ciatda encontra em estado lamentável com toda crise hidrica que o estado sofre no momento, mas posso adicionar algumas informações sobre alguns pontos.... ....

realmente como o amigo falou, existem a cerca de 10/12 anos Corvinas em igaratá, não sei se foi algum orgão responsavel, ou pescadores de forma "independente" ja ouvi as duas versões, bom, ela se adaptou muito bem, é um peixe que cresce bastante para os padroes da regiao, tem muito numero, uma legiao de pescadores e de certa forma tirou um pouco da pressão de pesca em cima do tucunaré, os benefícios param por ai.... ......

depois de introduzida a corvina, a população de outros peixes como o bagre, o cará e até mesmo a pedradora saicanga chegaram a níveis preocupantes sendo a última citada, um peixe antes abundante na região (dividindo aguas com tilapias, tucunares e etc por mais de 30 anos tranquilamente) ser um verdadeiro achado hoje em dia, muito raro.... ...

só pra citar que equilibro ecologico as vezes nao se combate com mais um peixe extremamente psivoro quanto a corvina.... ....creio que ela pode sim combater as pirambebas com sucesso, mas se o Bass ja esta em malus lençois sem corvina, imagina com ela, na minha visão seria a ultima pá de terra em cima.... ... ...
Avatar do usuário
Thiago Ivo
CALOURO
Mensagens: 30
Registrado em: Sex Mar 14, 2014 8:27 am
Cidade:

Mensagem por Thiago Ivo » Seg Dez 22, 2014 4:51 pm

pois é , estive ha poucos dias na represa , nunca tinha frequentado ela , tentamos uns pinchos e nada.... .....onde antes eram pontos , hoje você precisa olhar para cima.... ....

se não houver um milagre , será um triste fim para o black
wgebrael
ASPIRANTE
Mensagens: 2
Registrado em: Ter Fev 10, 2009 2:36 pm
Cidade:

Re: Redução do bass em Atibainha.

Mensagem por wgebrael » Dom Set 02, 2018 11:55 pm

Pois é , estamos em 2018 já e o bass realmente acabou já há alguns anos , uma pena , hoje predomina o tucunaré amarelo e a maldita piranha.
PESQUE E SOLTE !!!
Avatar do usuário
Alexandre Estanislau (Zeca)
GARATÉIA DE TITÂNIO
Mensagens: 8159
Registrado em: Qui Set 09, 2004 5:42 pm
Apelido: Zeca
Cidade: Belo Horizonte
Estado: MG
Instagram: alexbolt
Contato:

Re: Redução do bass em Atibainha.

Mensagem por Alexandre Estanislau (Zeca) » Sáb Set 15, 2018 11:49 pm

Pois é, infelizmente acabou. Estive pescando lá em 2008 e felizmente ainda tinha bastante, mas era triste pegar um bass de quase 2kg e ele não conseguir brigar por falta do rabo, que tinha sido comido por piranhas.
wgebrael escreveu:Pois é , estamos em 2018 já e o bass realmente acabou já há alguns anos , uma pena , hoje predomina o tucunaré amarelo e a maldita piranha.
Abraços
Alexandre (Zeca) | <*))>>><
Responder

Voltar para “- BLACK BASS -”